O impacto da pandemia no setor aéreo brasileiro: um estudo da empresa Azul S.A. de 2018 a 2022

Authors

  • Danyele Neves Schwertner
  • Raquel Prediger Anjos

DOI:

https://doi.org/10.55905/rcssv12n3-009

Keywords:

COVID-19, pandemia, indicadores, insolvência, rentabilidade

Abstract

Os impactos na economia causada pela pandemia da Covid-19, não afetaram somente as pequenas empresas, mas todo o cenário econômico do país, incluindo as organizações de grande porte, o impacto chegou a atingir 50,5% das empresas de grande porte, com 500 funcionários ou mais. Através das informações publicadas pelo Ministério da Economia (2020), entre os setores que mais foram afetados pela pandemia, destaca-se entre os primeiros, o setor de transporte aéreo. Por meio de análise das demonstrações contábeis das organizações, disponibilizados trimestralmente pela companhia aérea, é possível identificar e comparar seus resultados, a fim de identificar os impactos no desenvolvimento que foram causados pela Covid-19, considerando o período pré (2018), durante e pós pandemia (2022). A empresa analisada através de índices é a Companhia Aérea Brasileira Azul S.A. Os índices partem das demonstrações contábeis utilizadas pelo analista para investigar a situação econômico-financeira de uma entidade. O estudo se dá por meio de pesquisa bibliográfica, para definição dos índices que auxiliarão a determinar o desempenho da empresa estudada e suas respectivas fórmulas, bem como investiga o cálculo do resultado dos índices obtidos na Análise das Demonstrações Financeiras da empresa Azul S.A. nos exercícios de 2018 e 2022 e Relatórios da Administração, disponibilizados na internet, de forma a responder à questão de pesquisa. A empresa Azul tem se mostrado uma empresa forte no mercado brasileiro, geradora de empregos e operando em cidades do Brasil e exterior. De forma geral, a empresa apresentou uma recuperação, com melhoras significativas na capacidade, liquidez, receita e lucros em comparação com o período da pandemia, muito embora ainda não recuperou a situação confortável de 2018.

References

AEROJR. A História da Azul Linhas Aéreas. 2019. Disponível em: <https://aerojr.com/blog/historia-da-azul-linhas-aereas/>. Acesso em: 10 de mar. 2023.

AGÊNCIA BRASIL. IBGE: 62,4% das empresas foram afetadas negativamente pela pandemia. 2020. Disponível em: <https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-07/ibge-624-das-empresas-foram-afetadas-negativamente-pela-pandemia>. Acesso em: 16 de fev. 2023.

AZUL. Sobre a Azul. 2023. Disponível em: <https://www.voeazul.com.br/br/pt/sobreazul/conheca-azul/imprensa/sobre-a-azul>. Acesso em: 03 de mar. 2023.

BRITO, Ingrid Voigt de. Impactos da Covid-19 nos indicadores econômico-financeiros das empresas do setor aéreo brasileiro com ações na B3. 2021. 46 f., il. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Contábeis) — Universidade de Brasília, Brasília, 2021.

BRUNI, Adriano L. A Análise Contábil e Financeira. (V. 4), 3ª edição. Grupo GEN, 2014.

CANDIDO, Tamara Rodrigues. Análise dos Impactos da Pandemia da Covid-19 nas

CEPAL. Comissão Econômica das Nações Unidas para a América Latina. Comunicado de Imprensa. 2021. Disponível em: <https://www.cepal.org/pt-br/comunicados/pandemia-provoca-aumento-niveis-pobreza-sem-precedentes-ultimas-decadas-tem-forte>. Acesso em: 24 de fev. 2023.

Demonstrações Contábeis de Empresas do Setor Aéreo Brasileiro. Rio de Janeiro: UFRJ,

DEVEZAS, T. Aeronautics and COVID-19: a reciprocal cause-and-effect phenomenon. J. Aerosp. Technol. Manag. [online]. 2020, vol. 12, e3420. ISSN: 2175-9146 [viewed 11 August 2020]. DOI: 10.5028/jatm.v12.1183. Disponível em: <https://pressreleases.scielo.org/blog/2020/08/28/perspectivas-e-cenarios-no-setor-aereo-durante-e-pos-pandemia-da-covid-19/>. Acesso em: 27 de jun. 2023.

Disponível em: <https://pantheon.ufrj.br/handle/11422/18145>. Acesso em: 02 de abr. 2023.

Faculdade de Administração e Ciências Contábeis, 2021. 27 fl. Artigo em outubro de 2021.

FOLHA DE SÃO PAULO. Uol. Brasileiros voltam a viajar e voos nacionais chegam a 90% do nível pré-pandemia. 2021. Disponível em:<https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2021/12/brasileiro-volta-a-viajar-e-demanda-por-voos-domesticos-esta-em-90-do-nivel-pre-pandemia-diz-associacao.shtml#:~:text=Para%20o%20mercado%20dom%C3%A9stico%20de%20voos%2C%20ou%20seja%2C,recupera%C3%A7%C3%A3o%20s%C3%B3%20deve%20ocorrer%20a%20partir%20de%202023>. Acesso em: 27 de jun. 2023.

G1. Tráfego aéreo no Brasil e no mundo despenca com pandemia de Covid-19; veja o que mudou e perspectivas. Globo - Mundo. 2020. Disponível em: <https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/04/10/trafego-aereo-no-brasil-e-no-mundo-despenca-com-pandemia-de-covid-19-veja-o-que-mudou-e-perspectivas.ghtml>. Acesso em: 27 de jun. 2023.

GASPARIN, Henrique F. Análise Econômico-Financeira: Estudo comparativo do impacto causado pela pandemia em empresas do setor aéreo. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Ciências Contábeis). UPF, 2021. Disponível em: <http://repositorio.upf.br/handle/riupf/2243>. Acesso em: 02 de abr. 2023.

ISTO É DINHEIRO. Azul investe na conexão. Disponível em: https://istoedinheiro.com.br/azul-investe-na-conexao/ Acesso em: 18.07.2023.

IUDÍCIBUS, Sérgio D. Análise de Balanços. 11ª edição. Grupo GEN, 2017.

JUNIOR, Carlos José Martins. Aviação Civil no Brasil e crise da Covid-19: Análise dos Indicadores Financeiros das empresas de Aviação da B3. TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, 2022.

MARION, José C. Análise das Demonstrações Contábeis. Grupo GEN, 2019. E-book. ISBN 9788597021264.

MARTINS, Eliseu. Análise Didática das Demonstrações Contábeis. 2nd edição. Grupo GEN, 2020.

MINISTÉRIO DA INFRAESTRUTURA. Movimentação de passageiros em 2022 alcança maior patamar desde o início da pandemia consolidando recuperação do setor. Disponível em: https://www.gov.br/anac/pt-br/noticias/2023/movimentacao-de-passageiros-em-2022-alcanca-maior-patamar-desde-o-inicio-da-pandemia-consolidando-recuperacao-do-setor#:~:text=No%20mercado%20dom%C3%A9stico%2C%20foram%2082,131%25%20em%20rela%C3%A7%C3%A3o%20a%202020. Acesso em: 18.07.2023.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. O que é a Covid-19? Disponível em: <https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus/o-que-e-o-coronavirus>. Acesso em: 01 de mar. 2023.

NETO, Alexandre A. Curso de Administração Financeira. Grupo GEN, 2019. E-book. ISBN 9788597022452. Disponível em: https://app.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788597022452/. Acesso em: 26 jun. 2023.

OMS. Organização Mundial da Saúde. Painel da OMS sobre o coronavírus (COVID-19). Disponível em: <https://covid19.who.int/>. Acesso em: 25 de fev. 2023.

SOUSA, Luana Stefany Nobrega de. Efeitos da COVID-19 nos indicadores econômico-financeiros das empresas do setor aéreo brasileiro com ações na B3. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal da Paraíba, publicado em 24 de jul. 2020. Disponível em: <https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/17995>. Acesso em: 02 de abr. 2023.

THE WORLD BANK. Finance for an equitable recovery. World Development Report. 2022. Disponível em: <https://www.worldbank.org/pt/publication/wdr2022>. Acesso em: 29 de mar. 2023.

UNA-SUS. Organização Mundial da Saúde declara pandemia do novo Coronavírus. 2020. Disponível em: <https://www.unasus.gov.br/noticia/organizacao-mundial-de-saude-declara-pandemia-de-coronavirus>. Acesso em: 25 de fev. 2023.

Downloads

Published

2023-08-10

How to Cite

Schwertner, D. N., & Anjos, R. P. (2023). O impacto da pandemia no setor aéreo brasileiro: um estudo da empresa Azul S.A. de 2018 a 2022. Revista Caribeña De Ciencias Sociales, 12(3), 1111–1131. https://doi.org/10.55905/rcssv12n3-009

Issue

Section

Articles